quarta-feira, 11 de maio de 2016

Técnicos do Estado chegam à tarde para interditar rodovia MS-180


Parte da rodovia desmoronou com as fortes chuvas de ontem. (Foto: Defesa Civil)Parte da rodovia desmoronou com as fortes chuvas de ontem. (Foto: Defesa Civil)Técnicos da Agesul (Agencia Estadual de Gestão de Empreendimentos) devem chegar a Iguatemi - distante 466 km de Campo Grande, na tarde de hoje, para interditar a MS-180, que ontem não aguentou a pressão da água, rachou e desmoronou em vários trechos.
Desde ontem a Defesa Civil municipal monitora a região, mas aguarda a chegada da equipe estadual para interditar a rodovia e iniciar o processo de recuperação da via. A MS-180 é a ligação entre Iguatemi e Juti e importante acesso de moradores e produtores rurais da região.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Ramão Lino Guerreiro, apenas veículos leves passam pela rodovia, que foi sinalizada. Os piores pontos de estragos estão nos km 46 e 75, onde a erosão formou crateras que chegam a 6 metros de profundidade.
Outro ponto crítico do município é uma barragem que não suportou a quantidade de água e se rompeu. A Defesa Civil teme que, se continuar chovendo, outros pontos da barragem quebrem e o concreto danifique uma ponte da MS-295, via importante de acesso ao município.
"Só vamos saber dos estragos após um laudo de engenharia que deverá ter início logo que o nível da represa voltar ao normal. Mas é possível realizar reparos sim", explica Ramão.
A barragem do Balneário Piraí, é uma antiga Usina Piraí, situada às margens da Rodovia MS-295.
Ela foi construída no ano de 1968 e forneceu energia para o município (antiga vila sacarão, hoje Iguatemi) por 18 anos, vindo a ser desativada após a chegada da energia produzida na hidrelétrica de Itaipú. Transformada em parque natural municipal, o lago da barragem é o principal ponto turístico do município.
Campo Grande News

Postado por : Ygor I. Mendes

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial